ERAM OS GATOS ASTRONAUTAS

Um lugar para se falar de assuntos variados, mas principalmente relacionados à cultura pop.

sábado, 24 de março de 2018

Tropa do Orgulho: uma referência aos Vingadores, à Liga da Justiça e outras super equipes

       Sim, é isso mesmo que você leu no título e vou falar a respeito sem rodeios: a Tropa do Orgulho, do universo 11 do Zenoverso, em Dragon Ball, é uma referência não apenas aos super esquadrões (super sentai) tão tradicionais em produções japonesas, como também às equipes de super heróis das grandes editoras de quadrinhos ocidentais, isto é, aos Vingadores (Marvel Comics), à Liga da Justiça (Detective Comics - DC) e outras.






       Embora pra mim isso agora seja bem óbvio, não percebi logo de imediato e como não vi - ou não lembro de ter visto - ninguém falando a respeito, penso que também não tenha ficado muito claro para muita gente e quem percebeu simplesmente não comentou por aí.
       Pois bem, só fui perceber essa referência quando, no episódio 110 e mais especificamente na luta entre o Goku utilizando o instinto superior e o Jiren, passei a prestar mais atenção nas habilidades do Dyspo e o fato de eu pensar "ah, ele é um velocista" mais ou menos ao mesmo tempo em que o Toppo gritava o nome do seu principal golpe, o Justice Flash (disparos de ki pelos dedos de uma das mãos).
       No momento em questão, associei a equipe do universo 11 à Liga da Justiça por ver o velocista Flash no Dyspo e por lembrar que o hakaishin e o anjo de tal universo são descaradas alusões ao Coringa e à Harley Quinn, respectivamente. Todavia, conforme fui procurando associar cada um dos membros a um integrante de tal equipe da DC, fui percebendo que havia também uma associação aos Vingadores e a outras super equipes dos quadrinhos estadunidenses.



Associação dos pride troopers com alguns heróis da Marvel e da DC

       Segue a relação de cada um dos membros da Tropa do Orgulho e a qual personagem da Marvel ou da DC eles aludem. Naturalmente, a associação entre alguns acabou se fazendo de maneira mais fácil e natural, enquanto fez-se necessária certa busca para embasar melhor a ligação com outros.


Vermouth



       O hakaishin do universo 11 possui a aparência de um palhaço e isso somado ao fato do visual de seu anjo nos leva a vê-lo como uma referência ao conhecidíssimo príncipe do crime, o Coringa [1].

Marcarita



       O anjo do universo 11, que é do sexo feminino, claramente possui um visual que lembra a Doutora Harley Quinn, também conhecida como Arlequina, parceira de crimes e romance abusivo do Coringa.

Toppo




       Fisicamente e em termos de poderes, poderíamos dizer que Toppo não tem nada a ver com o Batman, uma vez que este não possuí qualquer poder, enquanto o bigodudo do universo 11 sabe usar a energia vital, o ki. Todavia, num multiverso onde absolutamente qualquer guerreiro pode fazer isso, o fato de Toppo não ter demonstrado nenhuma habilidade diferencial, tal qual os demais membros da Tropa do Orgulho, pode ser entendido como algo que o torna similar ao Batman.
       "Ah, mas, cara, o Toppo é o candidato ao posto de deus da destruição do universo 11 e o Batman é um simples humano". Bem, acontece que, assim como o Toppo, o Batman já foi elevado da categoria de "simples mortal" para a de "deus", mas, diferentemente do que ocorre com o bigodudo, isso já aconteceu com o morcegão ao menos em duas ocasiões, sendo que uma delas pode ter servido perfeitamente de inspiração para o personagem.
       No caso, não me refiro ao muito conhecido Batman como deus do conhecimento, que sentou na cadeira de Mobius e descobriu a identidade do Coringa, mas sim especificamente ao Batman que decapitou Ares e reivindicou os poderes de deus da guerra.





       As semelhanças entre ele e Toppo compreendem também o discurso, pois, ao assumir o posto de deus da guerra, o Batman pretende exercer seus poderes com misericórdia e justiça, a fim de trazer a paz para o seu mundo, mas, no tocante a outro mundo (a Terra principal), o seu discurso é outro, assim como Toppo, que passou toda a saga do Torneio do Poder tagarelando sobre justiça e, então, ao decidir-se por assumir o posto de hakaishin para salvar o seu universo, deixou tal discurso de lado, passando a falar em destruição (aparentemente, destruição pela destruição).
       Por fim, também pode-se dizer que há certa semelhança visual entre o Topoo e o Batman, principalmente no tocante as orelha pontiagudas do primeiro, que, em certos momentos e sob certos ângulo, chegam a lembrar as orelhas da máscara do Homem-Morcego.



Vez ou outra, Bruce Wayne é representado com bigode.


Jiren



       Este personagem com aspecto de alienígena da raça grey [2] é uma alusão ao Homem de Aço, ao Super-man. Isso tudo porque, além de ser o mais poderoso entre todos os membros da Tropa do Orgulho e até mesmo entre todos os seres do universo 11, superando até mesmo o seu respectivo hakaishin, ele possui um poder ocular, que ainda não foi melhor explicado, sendo possível ver, em alguns momentos na luta contra Goku, socos sendo dados meio que através dele. Lembrando que o Superman possui a visão de calor (detalhe: nome de Jiren é, possivelmente, um anagrama de renji, palavra japonesa para "fogão") e a visão de raio-x.




       Também é possível dizer que outro sutil ponto de semelhança esteja na origem do Super-man. Qualquer um que já tenha investido um pouquinho de tempo para conhecer mais a respeito do personagem deve saber muito bem do que eu estou falando: Super-man foi originalmente pensado e lançado por Jerry Siegel e Joe Schuster em 1933, na história em quadrinhos "O Reino do Super-Homem" ("The Reign of The Super-Man" no original, em inglês), como um super vilão careca dotado da capacidade controlar a mente das pessoas e com planos de dominação mundial. A semelhança, nesse caso, está na careca e no antagonismo.

       Por fim, como ficou bastante evidente nos últimos episódios de Dragon Ball Super, o Jiren se diferencia do Superman por não ser alguém realmente heróico, isso sendo devido até mesmo por conta do histórico e da criação dos dois, mas é possível dizer que, em termos de comportamento e ideais, o Jiren talvez seja como o Superman caso este tivesse sofrido com a morte dos seus pais adotivos diante de um inimigo muito mais poderoso que ele.



Dyspo




       Atuando como o velocista da Tropa do Orgulho, este personagem - cuja alta velocidade é realçada pelo fato de ele ser um coelho antropomorfo - seria uma referência ao mais famoso corredor da DC, o Flash, cuja encarnação mais famosa é o Barry Allen.



Vuon




       Com a sua aparência dinossauroide e a habilidade de projetar um chicote de ki, Vuon (cujo nome japonês, Buon, é um anagrama da pronúncia japonesa do inglês para "forno", oven, isto é, obun) acaba lembrando um pouco o vilão Kishime, do filme "Dragon Ball Z: O homem mais forte do mundo", o qual tinha aparência reptiliana e utilizava-se de chicotes de energia elétrica.
       Porém, não encontrei um paralelo exato com algum super-herói da Marvel ou da DC, nem no que tange a um que utilize um chicote de energia (vilões, por outro lado, encontrei), nem no que diz respeito a um ser com aspecto de réptil que utilize chicote. Todavia, encontrei um paralelo no modo como Vuon manifestou o seu poder contra a descontrolada Kale na arena, lembrando um membro da Tropa dos Lanternas Verdes concentrando o poder do seu anel e, mais especificamente, o lanterna verde Isamot Kol.






Kunshi



       Dada a sua habilidade de fazer teias de ki, é muito difícil não relacionar este personagem ao famoso e querido Homem-Aranha. O seu nome vem do japonês para "pia", isto é, shinku, o curioso é que tal palavra se assemelha ao inglês sink e pode ser um ajaponesamento dela, mas não tenho certeza, quem souber de certeza, comenta aí.



Tupper




       Embora as habilidades de auto-petrificação e controle do próprio peso deste membro da Tropa do Orgulho tenham sido inspiradas nas de um famoso youkai chamado konaki-jiji, é impossível não associar este personagem a um muito conhecido da Marvel Comics: o Coisa, membro do Quarteto Fantástico que possui o corpo rochoso e, obviamente, é demasiadamente pesado. Além disso, Benjamin "Ben" Jacob Grimm, o Coisa, já chegou a ter o controle sobre sua forma rochosa nos quadrinhos e também já foi membro dos Vingadores.



Zoiray




       Este pequeno membro da Tropa do Orgulho tem um nome que aparentemente se refere ao termo japonês para geladeira, isto é, reizoko ou reizouko. Porém, além disso, eu também penso que, dada a sua aparência demoníaca, esse nome poderia ser uma referência ao demônio Raazer, que é mantido por Pigmeu (Puck, no original, cuja identidade é Eugene Milton Judd) em seu próprio corpo.
       Claro, além dessa possível referência, o Pigmeu não tem muito a ver com o personagem além da estatura, não tendo integrado os Vingadores, mas sim a Tropa Alfa. Todavia, a referência pode ser cruzada com um personagem da DC, dotado de um poder que lembra aquele giro do Zoiray, giro que é capaz de formar uma espécie de furacão. No caso, esse personagem seria o Tornado Vermelho.




Cocotte




       Por ser a única mulher da Tropa, ao menos no Torneio do Poder, Cocotte poderia ser automaticamente tratada como uma referência à Viúva Negra e/ou à Mulher Maravilha, mas, devido à sua habilidade de manipular o espaço, o que lhe permite criar espécies de bolhas dimensionais, as quais podem, inclusive, funcionar como campos de força, prefiro entendê-la como análoga à Mulher-Invisível, do Quarteto Fantástico e que também já foi membro dos Vingadores, pois ela, além de ficar invisível, pode projetar campos de força.
       Agora, o que diabos os poderes dela têm a ver com o objeto do qual o seu nome foi retirado, eu faço apenas uma mínima ideia. Em francês, o termo cocotte designa o objeto conhecido como Dutch oven (literalmente, "forno holandês"), que é conhecido nos países de língua inglesa como cassarole dishes (literalmente, "pratos de caçarolas").



Kettol



       Devido ao fato de ter uma aparência que lembra seres aquáticos, este membro da Tropa do Orgulho pode facilmente ser associado aos conhecidíssimos Aquaman (da Liga da Justiça) e Namor (que já integrou os Vingadores), mas, como estes não possuem a aparência de um ser das águas, também seria possível associá-lo ao Homem-Anfíbio, da Marvel Comics, que já integrou a Legião dos Monstros e o Comando Selvagem da SHIELD.
       Mas tudo isso apenas considerando a aparência dele e o nome, já que este seria derivado da palavra kettle, que designa um utensílio de cozinha usado pra esquentar água. No que diz respeito à principal técnica apresentada por ele (projeção e controle de esferas explosivas de energia), só seria possível associá-lo a, talvez, personagens como a mutante Tabitha Smith (conhecida como Boom Boom e Dinamite).



Kahseral



       Dadas as suas partes mecânicas, este membro da Tropa do Orgulho claramente pode ser entendido como sendo uma referência tanto ao Homem de Ferro, dos Vingadores, quanto ao Ciborgue, da Liga da Justiça.



Outras associações

       Além das associações de cada membro da Tropa do Orgulho com algum super-herói da Marvel que já tenha participado dos Vingadores e/ou com algum da DC que já tenha integrado a Liga da Justiça, bem como outras super equipes, também é possível associar a equipe em si a pelo menos dois outros personagens cósmicos, ambos da Marvel Comics e que também já integraram o grupo chamado Vingadores.
       No caso, os motivos para a associação com esses personagem são pura e simplesmente a sua atuação cósmica, tal como a Tropa do Orgulho, e a semelhança entre os uniformes, tanto no que diz respeito às cores (vermelho e preto), quanto à forma como estão dispostas. Enfim, os personagens em questão são:


Quasar (Wendell Vaughn)




Capitão Marvel ou Capitão Mar-Vell




       Outros personagens, que também possuem atuação cósmica, como o Vulcano (Gabriel Summers) e mesmo o seu pai, Corsário (Christopher Summers), também possuem vestimenta nas cores vermelha e preta em um padrão semelhante ao da Tropa do Orgulho, sendo que este último chegou a ser membro dos Piratas Espaciais.





NOTAS

[1] Incrível como, no ano do aparecimento desse deus da destruição na franquia, 2017, tivemos filmes sobre palhaços nos cinemas, no caso, o estadunidense "It - A coisa" e o brasileiro "Bingo - O rei das manhãs".

[2] Pausa para a zoeira: talvez o Jiren também seja uma referência ao Christian Grey, da trilogia "50 shades of Grey" (em português, "50 Tons de Cinza"), porque, olha, o tanto que ele desce o cacete - e de maneira "contida" - no Goku e no Vegeta... 






REFERÊNCIAS

"Deadpool" e outros. Coisa. Publicado em: 11 Mar 2011. Disponível em: <https://protocolosmarvel.wordpress.com/2011/03/11/coisa/>.

Dutch oven. Última edição em: 03 Nov 2017, 23h21. Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Dutch_oven>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O template usado na construção deste site é o Sophie, desenvolvido pelo @soratemplates